11.jpg

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

Os exames de imagens têm a função de auxiliar no diagnóstico de doenças, juntamente com a avaliação clínica do paciente, permitindo a visibilização de estruturas não visíveis no exame físico. Cada exame tem suas indicações e limitações, bem como o preparo prévio do paciente para realização de exames de qualidade e com segurança.

Radiografia digital:

Os exames radiográficos são feitos com uso de radiação, de forma não invasiva, gerando imagens em escala de cinza no computador. É muito utilizado para avaliação de tórax e estruturas ósseas.

Com a utilização da radiologia digital, temos mais agilidade na obtenção das imagens e melhor qualidade para avaliação. Dessa forma, o exame se torna mais rápido e eficiente.

Ultrassonografia:

Esse exame é realizado com a emissão de ondas sonoras e seu retorno ao equipamento, criando pontos em escala de cinza na tela, também de maneira não invasiva. É muito utilizado para avaliação dos órgãos abdominais e avaliação cervical (principalmente tireóide).

A ultrassonografia também permite a avaliação das veias e artérias de estruturas, auxiliando no diagnóstico de diferentes doenças.

Tomografia Computadorizada:

A tomografia é um exame que utiliza radiação para obter imagens seccionadas da região a ser avaliada, possibilitando a avaliação tridimensional com cerca de 1mm de espessura. Além disso, em comparação a radiografia é um exame que possui mais resolução de contraste, possibilitando uma avaliação mais precisa de diferentes tecidos. É, também, um exame não invasivo, mas os pacientes precisam de sedação ou anestesia para fazer a tomografia.

Tem grande utilidade na avaliação de doenças neurológicas, ortopédicas e oncológicas.